O que une o agricultor afegão, o pescador brasileiro e a lojista chinesa?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O que une o agricultor afegão, o pescador brasileiro e a lojista chinesa?

Mensagem  D. K. em 28.04.11 18:41

Todos sofrem com as mudanças climáticas; exposição “6 Bilhões de Outros” mostra depoimentos de pessoas afetadas em todo o mundo

Até o próximo dia 10 de junho, moradores e turistas que passarem pela capital paulista poderão visitar no Museu de Arte de São Paulo (Masp) a exposição “6 Bilhões de Outros”, assinada pelo fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand.

A mostra, que nos últimos dois anos foi vista por mais de 3 milhões de pessoas na Europa e Ásia, chega agora ao país trazendo depoimentos sobre as experiências e concepções de diferentes culturas sobre felicidade, amor, futuro, medos ou até o sentido que dão à vida.

As mudanças climáticas – resultados dos impactos negativos das ações predatórias do homem sobre a natureza e percebidas nos quatro cantos do mundo – também estão presentes nos filmes. Pessoas de culturas, crenças, ocupações e etnias diferentes, como um agricultor afegão, um pescador brasileiro ou uma lojista chinesa, responderam a mais de quarenta perguntas, relatando como foram ou estão sendo afetados pelo problema.

O projeto teve início em 2003 e mobilizou uma dezena de repórteres que percorreram 78 países recolhendo a palavra de homens e mulheres. Foram cinco anos para realizar 5.600 entrevistas, posteriormente selecionadas e editadas pelos diretores Sibylle d’Orgeval e Baptiste Rouget-Luchaire.

A procura pela maior diversidade possível de personalidades determinou as escolhas: diferentes meios sociais, faixas etárias, profissões, opções religiosas e diferenças étnicas. Compor um retrato sensível, representativo e respeitoso das pessoas entrevistadas e oferecer esses testemunhos ao maior número de pessoas era o objetivo.

O jornalista não aparece em imagem ou som. O entrevistado olha diretamente para a câmara, dirigindo-se ao espectador em diferentes idiomas, marcas faciais e adereços.

A exposição
Uma seleção com cerca de 11 horas de depoimentos em vídeos poderão ser vistos em diferentes ambientes do Masp. No mezanino, projeções de rostos compõem um painel de múltiplas identidades e os visitantes poderão assistir ao filme Mosaico, marca do projeto que através de uma grande projeção em quatro paredes põe em evidência uma alternância de retratos e depoimentos sobre as experiências e visões de mundo de cada um.

No hall, poderão ser vistos filmes com depoimentos sobre temas como amor, família, felicidade, casa, pais, desafios, perdão, sonhos, clima, progresso, entre outros. Em um clima intimista, o visitante aproxima-se de pessoas que, provavelmente, nunca teria a possibilidade de encontrar – e neste contexto é transportado pela emoção e reflexão.

A confrontação dessas vozes tão diversas evidencia divergências, mas também proximidades de pensamento, muitas vezes surpreendentes. O filme com o making of da exposição tem uma sala exclusiva para sua exibição no local.

O público fala
O visitante tem ainda a possibilidade de integrar a exposição, respondendo às mesmas questões feitas aos personagens que agora integram a mostra. Para participar, basta acessar o site do projeto.

Serviço:
O quê: Exposição 6 bilhões de Outros
Quando: até 10/07/2011. De terça a domingo, das 11h às 18h; às quintas até as 20h
Onde: Museu de Arte de São Paulo (Masp). Av. Paulista, 1.578
Quanto: R$ 15. Gratuito, para crianças até 10 anos e adultos acima dos 60 anos. Gratuito também para todo o público somente às terças-feiras.
Obs: Visitas orientadas, inclusive para escolas públicas e privadas, devem ser agendadas pelo telefone (11) 3251-5644, ramal 2112.
Fonte: Instituto Akatu, 28/4/2011.

_________________
Seja íntegro: não faça as coisas pela metade. Não preserve apenas o meio ambiente, preserve todo ele!
Seja livre: use Linux Mageia! Veja mais em Mageia Brasil
avatar
D. K.
Moderador
Moderador

Mensagens : 571
Data de inscrição : 24/10/2010
Idade : 63
Localização : Espírito Santo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum